ENTRE O PRETO E O BRANCO

Detalhes do produto

Edição:

Amazon Independent Publishing

29 de julho de 2020

Páginas:

233

ISBN:

979-8639144752

Dimensões:

Peso:

15.24 x 1.5 x 22.86 cm

349g

Idioma:

Português

ENTRE O PRETO E O BRANCO

Manuel Amaro Mendonça

Este livro é uma compilação de contos escritos desde 2016, alguns deles inéditos e outros que vêm sendo publicados em blogues e/ou desafios literários. Durante cerca de duzentas páginas, irei abordar diversos temas em dezasseis histórias, com personagens por vezes polémicos, mas acima de tudo, humanos. Nós somos as nossas escolhas, mas a vida e as pessoas que nos rodeiam, limitam o número de escolhas que nos estão acessíveis, o que acaba por nos tornar vítimas das circunstâncias.

Prima um dos botões abaixo para encomendar

Linda

Cadaval

"Comovi-me com a história maravilhosa do Chico... Está espectacular 💖💖💖💖
O final... Eu a pensar que a polícia tinha sido chamada pela irmã, para o retirar da casa, e eis mais uma vez fui surpreendida... Agora que o Chico estava tão bem na vida... Excelente trabalho Manuel"

Fernando

Porto

"Entre o preto e o branco é o limite de muitas cores, leia-se sentimentos, emoções, cada história a sua cor, enfim, um livro que motiva o leitor levando-o num crescendo de interesse até ao fim.
Há livros que nos acrescentam, "Entre o preto e o branco" é um bom exemplo disso.
Recomendo sem reticências."

Suzete

Porto D'Ave

Uma leitura fluída, sobre rodas, com enredos bem construídos e arejados.
Deixem-se comover com o conto Uma Casa nas Ruas. Arrepiem-se com a descoberta e consequências de A Última Afronta e apreciem o karma de um Criminoso. Recordem o primeiro amor ao longo de Menina Bonita e assistam ao final de Luís e Isabel. Passagem de Ano, a altura de grandes decisões... Prioridades, quem não sabe o que isso é? Revi-me neste cenário, não sei porquê 😜
Tudo por amor: até onde somos capazes de ir?
Manhã de domingo, quando uma gata é a companhia que nos resta... Por Cada Dia de Amor, um conto maravilhoso para ler e reler! A vida que eu quiser, as escolhas ditadas pelo orgulho. A Caminhada, uma visita fugaz à rotina dos cuidadores de doentes mentais. Solidão, o nosso espelho num futuro próximo. Um Dia Como Os Outros e o mundo nunca mais foi igual.
A Última Habitante de Vale Santeiro, uma realidade cada vez mais sentida pela população mais idosa, no interior do nosso país . Comovente!
São motivos de sobra para continuar a ler o Manuel Amaro Mendonça ou para ficar fã, se só agora descobriu o "Entre o Preto e o Branco", o quarto livro deste autor.